Assembleia Municipal de Lisboa aprova Fundo de Emergência Social

A Assembleia Municipal de Lisboa reuniu no passado dia 10 de abril em sessão extraordinária. No âmbito da discussão da Proposta n.º 84/CM/2018 – Delegação de Competências nas Freguesias no âmbito do Fundo de Emergência Social do Município de Lisboa – Vertente de apoio a Agregados Familiares, o Deputado Municipal André Couto manifestou a importância deste Protocolo no apoio às famílias e lembrou que são as Freguesias quem melhor conhece a realidade e está mais próximo para ajudar as famílias.

No ponto seguinte, o Deputado Municipal Manuel Portugal Lage interveio na discussão do voto de protesto n.º 18/01, do Bloco de Esquerda – Contra a Perseguição Judicial por Razões Políticas de Membros da Generalitat da Catalunha. Manifestou o voto contra do Partido Socialista e a importância de respeitar o princípio da não ingerência.

Por fim, o Deputado Municipal João Valente, na qualidade de relator do Parecer da 8ª Comissão sobre a Petição 18/2017 – Jardim dos Cavaleiros (Anfiteatro Exterior da Sede da Caixa Geral de Depósitos) apresentou o mesmo, bem como as recomendações da Comissão quanto a este tema. Destacou ainda o desagrado com a falta de resposta de várias entidades às perguntas dos Deputados Municipais.